Você já ouviu falar em mapa estratégico? Trata-se de uma metodologia que, de maneira resumida, mostra as medidas mais importantes que devem ser tomadas para um melhor desempenho de uma organização, bem como para auxiliar em ações de inteligência competitiva.

De maneira geral, podemos dizer que o mapa estratégico é um resumo expandido do planejamento estratégico, que pode ser representado por meio de infográficos, caixas de texto, cartazes, entre outras formas que facilitem a visualização de cada estratégia da empresa, bem como da sua meta e da pessoa responsável pela organização.

Para que você possa saber mais sobre o assunto, respondemos a uma série de perguntas que os empresários geralmente têm acerca desse assunto. Então, se você quer ficar bem informado, siga conosco e confira agora mesmo!

1. O que é o mapa estratégico?

Ele faz parte de uma metodologia que os estrategistas das empresas chamam de Balanced Scorecard, que também aparece nas literaturas representado pela sigla BSC. Esse método foi desenvolvido em 1992 por pesquisadores da Harvard Business School e ganhou o mundo pelo fato de ter sido considerado uma maneira inovadora de organizar as táticas de uma organização.

A eficácia dessa ferramenta, que é relativamente simples, se justifica pelo fato de ela fazer com que toda a equipe de um setor possa visualizar as atividades do planejamento estratégico como um todo, bem como a sua parte exclusiva, aquilo que é de sua responsabilidade.

O teórico da administração Gareth Morgan, conhecido por classificar as empresas como metáforas, faz uma analogia entre empresas e máquinas. Para ele, uma organização é como um equipamento mecânico, de modo que cada funcionário representa uma peça fundamental para o funcionamento do negócio como um todo.

A partir dessa ideia, metaforicamente, podemos dizer que o mapa estratégico é uma ilustração do protótipo de uma máquina, que destaca cada uma das peças e o seu papel para o funcionamento do equipamento como um todo.

2. Qual é o objetivo do mapa estratégico?

O seu principal objetivo nada mais é do que ilustrar as funções de cada colaborador da empresa para o desenvolvimento de uma estratégia final. No entanto, além dessa função principal, ele também pode ter objetivos secundários.

Como objetivos secundários, ele pode servir para orientar novos funcionários contratados sobre os processos da empresa, mostrar para clientes e prospects como é a metodologia do trabalho realizado no local, fazer estudos da cultura organizacional, entre outros.

Vale destacar que os objetivos dos mapa devem ser definidos no momento em que ele é feito, tendo como base as diretrizes organizacionais da empresa, ou seja, a sua missão, a sua visão e os valores em que acredita.

3. Qual é o passo a passo para fazer um mapa estratégico?

Para realizar um, primeiramente é preciso que seja feito todo um trabalho de planejamento estratégico. A seguir, vamos mostrar um passo a passo sobre como desenvolver essa metodologia na sua empresa.

1º Análise de cenários

O primeiro passo para planejar é fazer uma análise dos cenários em que a empresa está inserida. Tais cenários são classificados como interno ou externo.

No primeiro caso, o cenário é totalmente adaptável, de modo que a organização pode fazer mudanças em sua cultura, reorganizar seus times, entre outras ações que podem ser organizadas para deixar o local de acordo com o esperado.

Já o cenário externo faz parte de tudo aquilo que acontece fora da empresa e que, apesar de influenciar nas decisões organizacionais, é impossível de ser administrado pelos empresários. Exemplos de cenários externos são a política e a economia de um país, que afetam diretamente o mercado.

2º Geração de estratégias

Após o estudo detalhado dos cenários que envolvem a empresa, é importante que sejam geradas estratégias. Para isso, recomenda-se a adoção de uma metodologia chamada de análise SWOT.

A análise SWOT, nada mais é do que “um cruzamento das informações levantadas no estudo dos cenários. Ela representa uma série de estratégias geradas por meio de um entrelaçar das forças (strengths), fraquezas (weakness), oportunidades (opportunities) e ameaças (threats)”.

3º Diagramação do mapa

Após as estratégias terem sido desenvolvidas, pode-se resumi-las em 6 tópicos elementares, que devem servir como base para a criação do mapa estratégico.

Com o auxílio de um designer, ou outro profissional que domine programas de edição, deve-se diagramar as estratégias de maneira organizada, criativa, com cada tópico desenvolvido em uma cor diferente, chamando a atenção de qualquer pessoa que consultar o documento.

As 6 etapas do plano de ação de cada estratégia, que devem constar no mapa, são os seguintes:

  1. “O quê?”: deve conter o objetivo ou a justificativa da estratégia;
  2. “Como?”: deve detalhar as atividades e ações que fazem parte da estratégia;
  3. “Para quem?”: deve apresentar quem é o público-alvo a ser atingido pela estratégia;
  4. “Recursos”: deve mostrar quais são os recursos humanos, físicos e financeiros que serão utilizados para a realização da estratégia;
  5. “Quando?”: deve determinar o prazo inicial e o prazo final para a realização da estratégia;
  6. “Meta”: deve determinar um número quantificável para o resultado da estratégia.

4º Categorização das estratégias

Após a confecção do layout do mapa estratégico, deve-se categorizar cada uma das estratégias, de modo que cada setor possa ter um documento exclusivo.

Desse modo, o setor de marketing terá um mapa com as estratégias de marketing, o setor contábil, com as estratégias relativas à contabilidade, os recursos humanos, com estratégias que envolvam a gestão de pessoas, e assim sucessivamente com todos os departamentos da organização.

Cada colaborador da empresa pode receber um mapa virtual, que pode ser feito em programas interativos, que permitam ações, como um checklist, que pode ser atualizado quando cada etapa é cumprida.

Além disso, uma cópia física, impressa, pode ser fixada nos murais de cada setor da empresa, de modo que todos os funcionários ou pessoas interessadas possam fazer consultas a qualquer momento.

E então, conseguimos esclarecer suas dúvidas sobre o mapa estratégico? Adote essa metodologia na sua empresa e tenha a certeza de que haverá muito mais organização e precisão em tudo aquilo que é feito.

Em nossas redes sociais, você encontra mais informações relevantes como essas. Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube e no LinkedIn, não deixe de nos seguir.