O marketing digital é algo muito importante para as instituições financeiras. Por meio dele, essas empresas podem conseguir mais clientes, reter os que já existem e torná-los propagadores de sua marca. Porém, conseguir tudo isso não é fácil. É preciso criar uma estratégia para agir em cada mídia e mostrar quais são as etapas necessárias para chegar aos objetivos desejados.

Para isso, as instituições precisam conhecer seus clientes, entendendo quais são seus desejos, problemas e medos. Então, o marketing digital será útil para ajudá-las a realizar seus desejos, resolver os problemas e enfrentar os medos.

Para ajudar neste processo, no post de hoje mostraremos 6 importantes dicas de marketing digital para instituições financeiras conseguirem atingir seus objetivos. Boa leitura!

1. Mídia online

A cada dia que passa, mais pessoas ingressam na internet. Sendo assim, elas consomem mais conteúdo online. Por isso, as empresas precisam alimentá-los em suas demandas, desejos e problemas.

Para isso, muitas empresas estão disponíveis nos mais variados canais, como:

Explorar cada uma dessas mídias aumenta o alcance da página, visto que conecta os usuários com as diversas possibilidades do mundo digital, o que deixa a marca mais forte. Além disso, gera credibilidade ao usuário, pois ele sentirá que a empresa se importa com ele ao estar nos canais que atua. 

2. Redes Sociais

Como os demais empreendimentos, as instituições financeiras também precisam estar conectadas às redes sociais. Com elas, as empresas poderão mostrar seus pontos mais fortes e se comunicar com os clientes.

A empresa de cartões de crédito Nubank é conhecida pela sua interação nas redes sociais e em seu próprio aplicativo. Os usuários são gratos pela forma com que a empresa se comunica com os clientes: descontraído, mas sem perder o foco.

Sendo assim, busque sempre estar presente nas redes sociais e atenda seus seguidores de forma moderna, resolvendo seus problemas de maneira rápida e eficaz. Obviamente, nem todas as organizações poderão lidar com os usuários da mesma forma que a Nubank, porém, essa empresa nos ensina a conhecer o nosso público e a tratá-lo da forma que ele deseja ser tratado.

3. Anúncios 

Os anúncios são úteis por muitos motivos. Primeiramente, auxiliam na propagação do conteúdo criado pela empresa. Dessa forma, mais pessoas poderão vê-lo e engajar-se com as publicações. Depois, é possível alcançar o público que já visitou sua página utilizando remarketing e aumentar a chance de essas pessoas comprarem ou continuarem comprando.

Utilizando links patrocinados, suas campanhas atingirão os objetivos mais rapidamente. Além disso, seus resultados serão menos oscilantes com o tempo. Os resultados orgânicos (aqueles obtidos sem nenhuma verba), dependem de muitos fatores e podem mudar com atualizações nos mecanismos de busca. Já com investimento em links patrocinados há uma aproximação de estimativas de alcance e cliques mais mensurável, pois você pode prever e ajustar orçamentos com base em dados. 

Opções para você anunciar são o Facebook Ads e o Google Adwords. Enquanto na plataforma do Facebook você pode exibir anúncios na própria rede social e no Instagram, com o Adwords seus anúncios são exibidos na Rede de Pesquisa e em sites parceiros.

4. App Mobile

Aplicativos para celular são muito importantes, principalmente para instituições financeiras. Com eles, interessados e clientes podem fazer simulações de planos e serviços, verificar taxas e receber suporte.

Porém, lembre-se de que o aplicativo precisa ser realmente útil para os usuários e ter diferenciais do site. Caso contrário, todo investimento efetuado será em vão, uma vez que a maioria dos seus clientes irá excluí-lo em um curto ou médio prazo.

Use o aplicativo para manter contato mais próximo com seu público, alertá-lo sobre os prazos de pagamento e outras datas importantes para ele. Ou seja, faça com que seu app seja essencial.

Sua empresa pode se inspirar no Itaú. A empresa criou um aplicativo alternativo mais leve para que pessoas com pouco espaço em seus dispositivos também pudessem instalar em seus aparelhos e aproveitá-los.

5. Conteúdo rico

Uma forma de atrair mais pessoas é disponibilizar conteúdo rico para eles. São materiais criados pensando em seu público e suas maiores necessidades. Para tanto, é necessário conhecer quem eles são.

Então, é interessante identificar sua persona. Ela é uma representação semifictícia do cliente ideal da sua empresa. Para defini-la, é necessário fazer pesquisas reais com seus consumidores para descobrir sua idade, formação, interesses e desejos. Com isso, você saberá exatamente para quem produzirá cada conteúdo. Em vez de escrever apenas sobre ofertas, promoções e eventos do seu negócio, procure ajudar seus usuários.

As pessoas usam a internet para diversão e informação. Então, a maioria delas não se interessa em ver publicidade explícita. Por isso, é importante que seus conteúdos e anúncios se pareçam mais com informação do que com vendas diretas.

Isso não significa que você não pode falar sobre os principais acontecimentos da sua empresa e promoções realizadas. Porém, esse não deve ser o principal foco de suas publicações. Leve as pessoas para uma próxima fase que as aproxime de realizar a compra. 

Uma instituição financeira poderia criar dicas de consumo eficiente e consciente, além de alertar seus consumidores em relação às principais datas e taxas a serem pagas.

6. Promoções para fundo de funil

Uma dica interessante é realizar promoções para o fundo de funil (aqueles que já estão preparados para a conversão). Quando focamos nesse público, garantimos que as pessoas realmente interessadas nos serviços divulgados visualizarão e se engajarão com as promoções. 

Além disso, esse é um passo importante para que muitos leads se sintam mais convencidos a testar seus serviços ou produtos. Exemplos inspiradores para suas promoções são:

  • desconto para aquisição de produtos e serviços;
  • brindes para quem fizer uma compra;
  • garantir webinários para os participantes da promoção;
  • aumentar datas para pagamentos;
  • proporcionar suporte ainda mais qualificado.

Essas 6 dicas são importantes para que você comece a planejar suas ações de marketing. Conhecer o público, a própria empresa e o mercado é mais valioso do que procurar uma receita de bolo, pois o sucesso de sua instituição financeira depende de planejamento e não de uma única ação específica.

Não se desanime caso os primeiros resultados não estejam dentro do esperado. Em vez de desistir da sua estratégia, veja quais pontos foram mal executados e os corrija. Pense em empresas como Nubank e produtos como Digio que ficaram conhecidas principalmente pelas redes sociais. Mais do que isso, muitas pessoas defendem suas marcas com unhas e dentes.

Com um trabalho pensado em longo prazo, sua empresa também pode conseguir bons resultados. Sendo assim, deixe o imediatismo de lado e pense degrau por degrau. Desse modo, seus resultados serão inevitáveis!

Você já viu algumas dicas para fazer marketing digital para instituições financeiras. Para ajudar em sua estratégia, veja quais são as 6 tendências de marketing digital que devem ser acompanhadas de perto.