Com tanta turbulência no setor econômico do país, muitas empresas varejistas estão sofrendo com a grande pressão de ter que aumentar as vendas e mostrar resultados com um orçamento bastante apertado. Mas o interessante é que, a partir de toda necessidade, sempre nasce uma solução. Nesse caso, estamos falando do marketing de performance.

Esse conceito surge nesse cenário conturbado como uma alternativa viável para ajudar as empresas de varejo a distribuírem seus recursos de forma mais equilibrada sem afetar sua saúde financeira.

Adaptar-se aos novos tempos não é uma escolha, mas sim uma necessidade. Por isso, é mais do que salutar seguir essa nova tendência do marketing digital para conseguir acompanhar as mudanças do mercado consumidor. 

Pensando nisso, vamos falar um pouco sobre a importância do marketing de performance para as vendas de uma empresa varejista. Vamos lá?

O que é marketing de performance?

O marketing de performance é uma estratégia indispensável para empresas de vários segmentos, inclusive varejistas, que buscam baixos custos, mas sem perder a agressividade necessária para se manter competitiva no mercado.

Além do mais, essa vertente do marketing digital é importante para que a empresa saiba quais estratégias deram certo e, a partir daí, focar suas energias em novas estratégias para conseguir atrair mais visitantes para o seu site e aumentar o número de vendas.

O grande lance do marketing de performance não é a quantidade de dinheiro investido em si, mas a forma como você o aplica e os resultados que obtém — ou seja, o objetivo é alcançar mais com menos.

Como funciona o marketing de performance?

O marketing de performance permite que um negócio meça seus rendimentos tomando como base seus investimentos. Isto é, com ele, é possível avaliar a taxa de retorno sobre o investimento (ROI) de cada campanha realizada. Assim, é possível elaborar ações de marketing mais objetivas e efetivas de acordo com o público-alvo da empresa.

Ele favorece a mensuração de dados de qualquer tipo de ação — anúncios pagos, links patrocinados, e-mail marketing, estratégias orgânicas, dentre outras. Em resumo, ele trabalha com estratégias de comunicação altamente mensuráveis e com indicadores de desempenho capazes de medir o resultado de cada ação de marketing, mostrando de forma segura quanto cada uma delas trouxe de retorno em vendas.  

Veja abaixo mais alguns exemplos de ações de marketing de performance que podem ser mensuradas:

  • Número de leads convertidos;
  • Ticket médio;
  • Número de cliques;
  • Número de vendas;
  • Custo de aquisição de clientes (CAC);
  • Tempo de vida do cliente (LTV);
  • Retenção de clientes (CRR).

E como não poderia deixar de ser: o ROI, um dos KPIs (Indicadores de desempenho) mais importante para o marketing de performance.

O que torna o marketing de performance diferente dos outros tipos de marketing?

O que torna o marketing de performance tão especial é a forma como ele gera resultados sem a necessidade de grandes investimentos. Sua empresa pode continuar atraindo clientes mesmo com um baixo orçamento — o que não acontece com muitas estratégias de marketing tradicionais, por exemplo, que podem exigir um capital bem maior para que se possa obter os resultados esperados.

Além do mais, ao contrário das ações de marketing tradicionais, cujos anunciantes pagam independentemente dos resultados obtidos, no marketing de performance, o negócio só paga a partir do momento em que começa a obter retorno satisfatório, ou seja, quando suas ações geram lucro.

Podemos dizer que é uma política do ganha-ganha, cuja empresa investidora só paga pelo que for convertido e o anunciante só paga se obtiver retorno. Por isso, a medição do ROI em tempo real é tão importante. Assim, é possível ir mudando de estratégias até alcançar os resultados esperados.

Como planejar uma campanha de marketing de performance?

A elaboração de objetivos bem definidos, claros e coerentes é uma das primeiras coisas a serem pensadas antes de colocar em prática uma estratégia de marketing de performance. Após ter definido quais são esses objetivos, é hora de criar um plano estratégico de marketing de performance para alcançá-los.

Não importa quais são esses objetivos: pode ser conquistar audiência para o seu site, ampliar o número de leads qualificados ou impulsionar as vendas. O principal fator é saber como fazer isso utilizando o marketing de performance.

Assim, conheça alguns passos para que sua campanha de marketing de performance tenha o sucesso esperado:

1. Conheça seu público-alvo

Como em qualquer campanha de marketing digital, é necessário conhecer bem seu público-alvo para poder definir suas ações e os canais de comunicação que vai utilizar para chegar até ele.

Uma análise mais aprofundada do seu público permitirá que você saiba de antemão quais são seus hábitos de consumo, como se comportam ao navegar na internet, quais são suas preferências e, principalmente, onde eles costumam interagir mais.

2. Defina seus indicadores de desempenho

Como já foi citado aqui, os indicadores de desempenho (KPIs) são de suma importância para análise do desempenho de suas ações de marketing de performance — sobretudo, o ROI.

Assim, defina quais indicadores serão mais importantes para verificar se suas estratégias estão ou não sendo efetivas. Esses indicadores podem variar de acordo com cada objetivo proposto anteriormente e com cada canal de comunicação escolhido para divulgação.

3. Escolha os canais para fazer seu marketing de performance

Após conhecer seu público-alvo, definir seus objetivos e verificar quais indicadores de desempenho serão úteis para mensurar seus resultados, é hora de buscar os principais canais para investir.  

Veja alguns dos principais canais onde poderá aplicar o marketing de performance e obter bons resultados:

  • Google AdWords
  • Comparadores de preço — como o Buscapé, Zoom, Já cotei etc.;
  • Retargeting;
  • Facebook Ads;
  • Links de afiliados.

4. Continue trabalhando na otimização de suas campanhas

Não há como prever quando o marketing de performance começará a dar retorno, mas uma coisa é certa: não se pode descuidar de suas campanhas. É preciso estar sempre de olho nos números para verificar quais são os canais de maior retorno.

O trabalho contínuo de otimização de suas estratégias é fundamental para o sucesso do marketing de performance. Embora seja algo trabalhoso, é impossível chegar a bons resultados sem trabalhar dia após dia na sua otimização.

A otimização é um processo importante para a correção das falhas que possam estar ocorrendo nos diversos canais de divulgação, pois o ROI de suas ações dependerá imensamente de uma manutenção cuidadosa das suas campanhas.

Caso tenha dificuldades com esse processo, existem muitas agências de performance que possuem bastante know-how para executar esse tipo de serviço. Afinal, é melhor deixar determinados trabalhos com quem, realmente, entende do assunto, certo?

Podemos dizer que, para o setor de varejo, investir no marketing de performance é um excelente negócio, pois ele é a estratégia mais viável para quem está em busca de alavancar suas vendas e obter um retorno sobre o investimento (ROI) de forma mais rápida, objetiva e eficiente. E o melhor: gastando pouco.

E aí? Gostou de saber como funciona o marketing de performance? Se você quiser receber outras informações interessantes para aumentar ainda mais o seu conhecimento, não deixe de assinar a nossa newsletter agora mesmo!