Você já ouviu falar sobre as vantagens da mídia programática? Hoje, existe uma variedade enorme de sites com diferentes tipos de audiência. Bem utilizados, esses espaços representam uma ótima opção para divulgar o seu negócio para quem você quiser.

Entenda o que é mídia programática

Mídia programática é a evolução da publicidade na internet. Em outras palavras, é uma maneira prática e inteligente de anunciar, pois permite a compra ou venda de mídia online para uma marca se comunicar com um público específico. 

Se antes era preciso entrar em contato com o dono do site ou blog para fechar a parceria de um banner, agora, com a mídia programática, a configuração do anúncio pode ser feita por meio de uma plataforma.

Apesar de ser automatizado e apresentar resultados efetivos, esse recurso utiliza inúmeras tecnologias exclusivas e um enorme volume de dados que favorecem muitas oportunidades, como leilões ou negociações que ocorrem em tempo real.

Além de anúncios simples, é possível comprar postagens patrocinadas e, ainda, optar pela plataforma por onde esse conteúdo será apresentado para os usuários: computador ou mídias móveis.

O pagamento pode ser feito de duas formas: a primeira é uma taxa fixa, que é calculada com base no número de impressões por clique; a outra é por meio de leilão. Neste, é utilizado o sistema RTB (Real-time bidding), no qual as ofertas são atualizadas em tempo real de acordo com a demanda. 

Essa mídia é muito explorada nos Estados Unidos e tem como principal diferencial a habilidade de fazer um produto ou serviço permanecer visível para o público certo, na hora certa e no tempo em que você achar conveniente. É como se a estratégia de marketing agisse como uma flecha voando em direção ao centro do alvo.   

 

seo_google_970x250

 

Conheça 6 vantagens da mídia programática

1. Segmentação precisa

É possível segmentar as campanhas com base em dados demográficos, geográficos e afinidade por conteúdo. Isso significa que você pode configurar o seu anúncio para aparecer para um público restrito.

Além desse tipo de segmentação, o sistema permite localizar dados relacionados ao comportamento de navegação do usuário, que são coletados com ajuda dos cookies (histórico armazenado na memória do computador).

Um exemplo de público segmentado: homens que moram no Bairro de Fátima, na cidade de Fortaleza, com idade entre 30 e 55 anos e que compraram uma passagem aérea nos últimos 20 dias.

Outro ponto importante é que uma mesma campanha de marketing pode trabalhar com públicos diferentes. Todas essas ações podem ser programadas ou configuradas com apenas alguns cliques.

2. Praticidade para anunciar

A mídia programática oferece praticidade para quem deseja anunciar. Para criar uma campanha, o anunciante tem acesso a uma plataforma com todas as informações disponíveis sobre o público-alvo. Assim, é possível personalizar a estratégia nos mínimos detalhes, sem precisar consultar outro banco de dados.

Não é à toa que os especialistas em marketing são unânimes em afirmar a importância de reunir informações sobre as pessoas que compram ou se interessam pelo seu produto. Observar o comportamento de compra é muito útil para uma campanha de sucesso. 

3. Audiência certa atingida

O anúncio da mídia programática alcança múltiplos sites com uma única compra. Isso faz com que o público-alvo seja atingido de forma mais eficiente. Esse sucesso se deve ao fato de a tecnologia possibilitar que o anúncio seja exibido para o usuário certo.

Mas quem é o usuário certo? É aquele que já buscou informações para resolver algum tipo de problema e que, provavelmente, encontrou o seu site e leu um dos seus artigos.

Também pode ser alguém que não conhece a sua empresa, mas estava de passagem, visualizou o anúncio pelo smartphone e resolveu passar na sua loja. Tudo depende do objetivo que você deseja alcançar.

4. Participação nos micromomentos do consumidor

Hoje é mais difícil chamar a atenção do consumidor, pois existem muitas informações paralelas para ele processar e inúmeras distrações. Conseguir se destacar no meio de tudo isso é um desafio para todas as empresas que desejam promover mais engajamento e aumentar as vendas.

Investir em mídia programática é a chance de colocar a sua empresa em evidência na hora em que os usuários estão mais receptivos, ou seja, nos micromomentos da vida. Sabe aquelas pausas entre o intervalo do almoço, a espera na fila de atendimento ou a parada para o café?

Esses são os micromomentos, ou seja, minutos preciosos em que todos nós damos uma olhadinha no celular ou qualquer dispositivo para checar e-mail, redes sociais ou falar com alguém.

5. Redução de custos e otimização de resultados

A segmentação precisa da mídia programática faz com que a empresa reduza os custos com publicidade. Afinal, não é necessário comprar um pacote com milhões de impressões para alcançar um público em páginas aleatórias na internet, como era antes.

Agora, você só compra as impressões que são relevantes para a sua estratégia e decide quanto quer investir. Assim, a redução das despesas e a otimização da produtividade acontecem ao mesmo tempo, pois os recursos são aplicados com foco em resultados reais.

 

afinal-o-que-e-midia-de-performance

 

6. Monitoramento dos resultados

Um dos desafios da mídia tradicional é conferir se o investimento está dando retorno ou não. Com a mídia programática é diferente: é possível controlar o alcance dos anúncios que foram ativados, analisar pontos positivos e negativos das campanhas e fazer alterações na sua configuração sempre que for necessário.

Além disso, dá para saber quantos usuários entraram no seu link por meio do site do anunciante e quantos foram convertidos em compra ou leads mais qualificadas (pessoas que ainda não compraram, mas assinaram a sua newsletter, por exemplo).

Você pode, ainda, mudar o direcionamento da sua estratégia ou modificar as informações do público-alvo. Tudo isso com autonomia, ou seja, sem precisar negociar com alguém ou solicitar as ações para o dono do site. 

Como você viu, as vantagens da mídia programática são muitas! Todo o processo é realizado de forma automática, desde a disponibilidade dos espaços publicitários à configuração do anúncio. Isso reduz as chances de possíveis falhas humanas e melhora o desempenho da sua estratégia. 

Gostou de saber mais sobre essa fascinante tecnologia? Para receber outros artigos como este, curta a nossa página no Facebook para receber as novidades em seu feed de notícias.