O Business Analytics pode ser descrito como uma forma de abordagem baseada no centramento de dados. Ele visa também combinar a análise preditiva (do verbo prever) com os avanços na inteligência de negócios. O seu funcionamento se baseia em modelos matemáticos e estatísticos que trazem à tona uma maior capacidade de tomar as decisões corretas.  

Basicamente, essa extração e a posterior análise de dados contribuem para obter informações e feedbacks fundamentais para o bom andamento da empresa. Para os setores que atuam de forma separada e, mesmo assim, estão interligados com outros departamentos (como no caso de marketing e vendas) esse tipo de recurso ajuda bastante. 

É fundamental também diferenciar o Business Analytics de um outro conceito de mercado chamado de Business Intelligence. Este último é caracterizado por reunir elementos facilitadores para a tomada de decisão do gestor. Outra característica forte é a capacidade de antever cenários. Mesmo que os objetivos de ambos sejam parecidos, é no método que está a real diferença entre eles.  

Resumindo, o Business Intelligence é necessário para gerir a empresa, já o Business Analytics é necessário para mudar o negócio. Para isso, o BI foca na criação da cultura da eficiência dentro da empresa enquanto o BA analisa esse cenário para implantar mudanças pertinentes e que contribuam para um melhor desempenho organizacional. 

E exatamente para detalhar como funciona o Business Analytics na prática, listamos uma série de elementos e vantagens que mostram o quão válido é contar com ele no dia a dia da sua empresa. Confira!

Análise de mercado 

Uma das grandes vantagens que a implementação do Business Analytics proporciona é o maior poder de análise do mercado. Como ele consiste em um método capaz de acompanhar em tempo real dados oriundos de diversas plataformas, fica mais fácil criar um panorama sobre os resultados que vêm sendo obtidos. 

Para ilustrar melhor essa questão, imagine a seguinte situação: você é um piloto de corrida que tem um retrovisor imensamente poderoso capaz de mostrar em detalhes como os seus concorrentes estão agindo, o posicionamento deles, entre outros fatores relevantes na disputa. 

É exatamente essa sensação que o Business Analytics traz, o que é muito importante considerando questões mercadológicas fundamentais para o sucesso de uma empresa e sua forma de atuar. 

Tomada de decisões

Assim como o citado Business Intelligence, o Business Analytics também gera uma maior capacidade da tomada de decisões. Isso parte especialmente de uma interpretação eficiente dos dados obtidos.  

Dentre esses dados, podemos citar alguns muito importantes como os números obtidos no ano anterior, os resultados da concorrência, dados relativos à experiência do consumidor e o número de novos clientes obtidos. 

Toda e qualquer melhoria feita parte de uma interpretação adequada desses números. Como o Business Analytics trabalha com modelos estatísticos, esse processo fica facilitado e, consequentemente, melhora a tomada de decisões. 

Melhoria na gestão de recursos 

Quem já fez ações de marketing, especialmente com o marketing digital, sabe como é importante ter uma boa gestão de recursos. Muitas vezes, o valor escolhido pode não ser suficiente para sustentar uma campanha, principalmente quando ela está em fase de melhorias. 

Pelo fato do BA oportunizar a obtenção de várias informações diárias, o que é essencial, considerando métricas importantes do marketing digital como ROI, CAC e origem do tráfego, fica mais fácil ver o que está funcionando ou não e assim qualificar o direcionamento dos recursos. 

Processo de automação facilitado 

A automação do marketing é mais do que uma tendência forte, ela já é uma necessidade para muitos tipos de negócio. Com um número cada vez maior de softwares que se destacam pela ampla capacidade de realizar tarefas importantes como e-mail marketing, uso do chat em redes sociais e gerenciamento de campanhas em mídia pagas, a automação ganha cada vez mais espaço no mercado. 

O Business Analytics é um grande aliado para um processo de automação por diversos motivos como: 

  • maior capacidade de definir a persona: é notória a importância de definir a persona para direcionar as suas ações de marketing, porém muitas vezes se encontra dificuldade de fazer isso na prática. Por apresentar vastas informações, o Business Analytics é uma excelente ferramenta para ser utilizada nessa hora. 
  • localizar o público de forma mais eficiente: o mercado não permite mais apenas ficar esperando os clientes, então é preciso ir aonde eles estão. O Business Analytics ajuda a encontrá-los de maneira mais precisa, gerando mais economia e agilidade no processo. 
  • qualificar a forma de abordagem: para se destacar no meio de inúmeras ofertas que os clientes recebem diariamente, é preciso ter uma abordagem que não seja genérica e se aproxime da realidade deles. É exatamente nisso que o Business Analytics ajuda, já que a interpretação dos dados obtidos é fundamental para a construção da abordagem correta. 
  • identificar novas oportunidades:  o Business Analytics possibilita um aumento no campo de visão, especialmente pelo grande número de informações que apresenta. Isso facilita bastante para identificar oportunidades que até então estavam despercebidas e não sendo devidamente exploradas pelo mercado. 

Vantagem Competitiva 

Diante de todo o panorama apresentado, fica fácil concluir que contar com o Business Analytics pode trazer uma grande vantagem competitiva para a sua empresa. Mais do que sair na frente dos concorrentes e/ou facilitar as suas ações de marketing, ele possibilita a construção de uma cultura mais sólida na hora de interpretar os acontecimentos e usá-los a seu favor. 

Em relação ao uso do Business Analytics no Brasil, a realidade mostra que ainda são poucas empresas que contam com ele. Muito se deve ao medo do novo e à própria falta de conhecimento acerca desse recurso tão poderoso. Esses pontos ressaltam a importância de você implementar o BA o quanto antes, pois agir rápido também faz parte da tão sonhada busca pela vantagem competitiva. 

Para quem já usa o Business Intelligence, cabe lembrar que ele pode ser utilizado de forma complementar ao Business Analytics, não sendo necessário descartar o primeiro para usar o segundo. 

Esse fator inclusive pode facilitar a execução das decisões com base nos dados obtidos, lembrando que muitas empresas acabam falhando na hora de saber o que fazer com as informações, o que acaba prejudicando o processo como um todo. Sobre isso, é válido ressaltar a importância de ter um planejamento com começo, meio e fim para conseguir realizar essas ações de maneira favorável. 

Falando nesse assunto, você sabe como fazer um plano estratégico de marketing para a sua empresa? Visando facilitar a sua missão, listamos dicas poderosas sobre como realizar esse processo de forma prática e funcional. Confira!