Se antigamente era preciso definir o público-alvo de uma empresa para ter uma comunicação efetiva entre marcas e consumidores, hoje o cenário é bem diferente. Apesar de essa prática ter sido amplamente utilizada, atualmente não é recomendado criar uma estratégia de marketing com base em um perfil superficial.

Afinal, torna-se cada vez mais difícil alcançar os consumidores que realmente têm interesse no seu produto ou serviço com uma segmentação rasa. Por isso, diversas empresas dos mais variados segmentos já adotaram a definição de Buyer Persona para o negócio.

Com o objetivo de entender mais a fundo quem é o seu consumidor potencial, as marcas orientam as suas ações tendo em vista o perfil detalhado do seu cliente ideal.  

Mas, afinal, o que é uma Buyer Persona?

A Buyer Persona é uma personagem semifictícia que representa o perfil do comprador ideal de uma empresa. Ou seja, a definição da persona é baseada em dados reais, uma vez que considera informações sobre o comportamento dos clientes atuais.

Por que investir na criação de personas?

Quando a empresa desenvolve uma persona, suas possibilidades de gerar negócios ampliam consideravelmente. Sabemos que a conquista de resultados positivos está relacionada a se comunicar com as pessoas certas.

Essa estratégia permite saber exatamente quem tem potencial para consumir um produto ou serviço. Dessa forma, a empresa se torna mais efetiva em suas ações e consegue visualizar mais claramente em quais canais investir, evitando desperdício de tempo e dinheiro.

Sem dúvidas, a comunicação em massa é uma tática ultrapassada que compromete os resultados da empresa. Saber quem é de fato o seu público cria a oportunidade de se comunicar de forma personalizada.

Afinal, quando se sabe todos os anseios da persona, é possível tocar no ponto da sua dor para chamar atenção. Consequentemente, a empresa se destaca em meio a tantas outras opções disponíveis no mercado.

Outra vantagem que a criação de persona oferece é a eficiência na produção de conteúdo. Tendo em vista que o marketing de conteúdo é um dos aliados mais poderosos na construção de uma presença online consistente, as personas têm um papel fundamental.

Um conteúdo de qualidade é aquele entregue para a pessoa certa no momento ideal. Somente conhecendo a persona será possível criar conteúdo relevante para que ela se relacione com a marca até o momento de se tornar um cliente fiel.

Ou seja, as personas são indispensáveis para a maior parte das estratégias de marketing, sobretudo para qualquer ação digital que tenha como objetivo aumentar o retorno sobre o investimento.

Para garantir todos esses benefícios para o seu negócio, comece já a definição da sua persona e alcance resultados surpreendentes! Para ajudar nessa tarefa, selecionamos a seguir as práticas mais recomendadas para a criação de uma Buyer Persona de sucesso. Acompanhe!

1. Colete informações reais

Os “achismos” e suposições não funcionam quando o assunto é a criação de uma persona. Por isso, entrevistar os melhores clientes, se possível pessoalmente, é a tática mais indicada para ter acesso a dados reais e não fictícios.

Além das informações demográficas, é preciso incluir perguntas sobre hábitos de compra, consumo de conteúdo, veículos de comunicação mais acessados, principais objetivos e desafios do dia a dia e as maiores aspirações.

É válido destacar que o envio desse questionário por e-mail pode arruinar uma estratégia. Dê preferência para o contato pessoal porque por meio dele é possível captar as expressões faciais, que são de suma importância para exemplificar o perfil do cliente.

Além disso, o tom de voz empregado nas respostas pode revelar as verdadeiras opiniões do entrevistado em cada questão — diferentemente do e-mail, que é um contato mais frio em que as pessoas podem omitir informações com mais facilidade.

Seguindo essas orientações, será possível traçar o perfil do cliente ideal, que deve ser o centro de qualquer estratégia de marketing digital.

 

ebook-social-ads-facebook-ads

 

2. Analise os dados coletados

A próxima etapa consiste na reunião das informações levantadas para criar o perfil da persona. É preciso encontrar características comuns entre os clientes que possuem perfis semelhantes e constituem a mesma persona.

Os consumidores que não podem ser encaixados no mesmo perfil representam outras personas. É importante ter cuidado, pois muitas empresas cometem erros terríveis ao criar a sua persona.

Para evitar equívocos, não crie personas demais; afinal, toda a estratégia será baseada nelas. Para trabalhar de maneira completa, o ideal é definir no máximo três personas. Além disso, coloque apenas as informações relevantes no perfil oficial de cada persona. O excesso de dados pode confundir no momento de planejar as estratégias.

3. Crie a sua Buyer Persona

Com todas as informações em mãos, agora o importante é descrever o perfil da persona e acrescentar, inclusive, uma foto para representá-la. O segredo para o sucesso é personificar esse potencial comprador.

Lembre-se de que todos os membros da empresa precisam saber quem é a persona, pois todas as ações devem ser planejadas e implementadas com base no seu perfil. Dessa forma, a organização tem mais chances de gerar vendas e conquistar embaixadores para a sua marca.

Não se esqueça de consultar a persona sempre que for planejar estratégias para o ambiente digital. Um erro muito comum entre as empresas é pendurar a persona na parede, mas não criar o hábito de colocá-la como protagonista de qualquer ação. Além de ser um desperdício de tempo, isso prejudica o alcance do ROI.

A Buyer Persona é uma estratégia trazida pelo novo modelo de marketing denominado Inbound Marketing. Esse método visa conquistar o interesse da persona por meio de um conteúdo de qualidade. Consequentemente, o potencial cliente é quem vai atrás da empresa, e não o contrário.

Evidentemente, o marketing tradicional já trouxe resultados muito positivos para as empresas, mas é preciso rever os conceitos. O comportamento do consumidor se transformou, e as empresas também precisam abandonar as velhas táticas do marketing de interrupção e investir no inbound. Se você ainda não construiu a sua Buyer Persona, este é o momento!

Que tal aproveitar para ampliar o seu conhecimento sobre marketing digital? Assine a nossa newsletter e fique por dentro de tudo o que acontece no universo online!