A evolução tecnológica mudou a forma de fazer marketing. A internet oferece uma diversidade enorme de possibilidades para que você trabalhe a divulgação da sua marca, como e-mail, blogs, sites, redes sociais, etc.

Buscando aumentar o alcance de sua marca, as empresas têm se feito presentes na maioria destas plataformas digitais. Mas, não basta estar lá. É preciso manter seu consumidor “alimentado” de conteúdo, sendo necessário atualizar constantemente todas as plataformas em que sua empresa está presente.

Mas, como gerenciar tantas plataformas sem se perder no processo ou sobrecarregar o profissional? A solução para estes problemas pode estar no uso de ferramentas de automação de marketing.

Neste post vamos contar tudo o que você precisa saber sobre automação de marketing e quais as melhores ferramentas para começar a usá-la nas estratégias da sua empresa. Confira!

O que é a automação de marketing

Uma estratégia de marketing busca aumentar a receita da sua empresa. Para isso, é necessário um bom planejamento, desenvolvido por um profissional. E embora cada marca/produto precise de uma estratégia própria, conforme objetivo, o caminho a ser seguido é o mesmo: atrair visitantes para o seu site, convertê-los em leads, nutri-los, transformar esses leads em clientes e, por fim, em propagadores da sua marca.

E para cada uma dessas etapas, é necessário a produção de um tipo de conteúdo específico, conforme a localização do visitante na jornada do consumidor. Esse conteúdo pode ser produzido em diversos formatos, como: e-mail marketing, publicações em redes sociais, blog posts, etc.

Com tantas plataformas a serem constantemente atualizadas, é preciso buscar soluções para otimizar os processos e garantir que suas ações de marketing digital gerem os resultados esperados.

É aí que a automação de marketing entra. Ela oferece suporte para a prática de inbound, otimizando a execução de tarefas pelo seu time de marketing. A automação de marketing é o uso de softwares desenvolvidos para automatizar algumas das etapas da sua estratégia.

Com isso, você reduz o tempo gasto com criação e distribuição de conteúdo para suas plataformas e, consequentemente, os gastos. Além disso, ela permite um acompanhamento mais próximo de suas leads, tornando o processo de conversão mais efetivo, aumentando seu lucro.

Todavia, diferentes softwares podem possuir diferentes funções. Nós separamos os 6 de mais destaque no mercado para que você possa escolher o melhor para seu planejamento de marketing.

6 ferramentas de automação de marketing

1. Hubspot

Criadora do conceito de Inbound Marketing, a Hubspot possui uma das ferramentas mais completas do mercado.

O software oferece serviços para aumento de tráfego, gerenciamento e nutrição das leads, suporte e acompanhamento de palavras-chave e concorrente e gerenciamento de diversas ações promocionais como: a criação de landing pages, Calls to Action (CTA), testes A/B, gerenciamento de mídias sociais, campanhas de e-mail marketing, entre outras.

Em constante atualização, a Hubspot é uma plataforma paga. Porém, disponibiliza produtos gratuitos como o Leadin e a HubSpot Sales.

2. RD Station (Resultados Digitais)

O RD Station é um software brasileiro. Semelhante ao Hubspot, a plataforma possui atualmente mais de 5.000 usuários, entre empresas, clientes e agências parceiras.

A ferramenta examina o desempenho e eficiência por meio de análises de ciclo, taxas de conversão, indicadores econômicos e avaliação da conversão de leads em clientes.

O RD Station permite a criação de conteúdos específicos para os visitantes de um site de acordo com seu estágio no funil de vendas. Além disso, a plataforma também desenvolve landing pages para seu site, envio de e-mails, etc.

A RD Station também é uma plataforma paga, mas a empresa oferece um teste grátis de 7 dias da ferramenta pro.

3. MailChimp

O MailChimp oferece ferramentas para o gerenciamento de campanhas de e-mail marketing, integração de dados gerados pelas lojas virtuais, realização de testes A/B, administração da base de contatos e agendamento de e-mails.

Com mais de 10 anos no mercado, a plataforma tem mais de 12 milhões de usuários pelo mundo.

A empresa oferece uma versão gratuita da ferramenta para até 2.000 contatos cadastrados e envio de 12.000 e-mails por mês, ideal para empresas menores. Os planos pagos custam a partir de 10 dólares.

Apesar de ser em inglês, o site do MailChimp é bem simples de ser utilizado.

4. Jumplead

O Jumplead possibilita a identificação de todos os visitantes do seu site, facilitando o gerenciamento de leads com base nas informações coletadas.

A ferramenta permite a instalação de um chat online em seu site, criação de landing pages e gerenciamento do envio de e-mail marketing.

Com planos pagos e gratuitos, o Jumplead é ideal para pequenas e médias empresas. Inclusive, nos depoimentos de clientes da ferramenta na página da empresa o principal elogio é quanto ao custo-benefício dos planos oferecidos.

O site da Jumplead também é inglês, mas assim como o Mailchimp, é de fácil usabilidade.

5. ActiveCampaign

A ActiveCampaign oferece uma ferramenta bastante visual, mais acessível para pessoas menos familiarizadas com os processos de marketing.

Bem recebido por outras ferramentas de marketing digital, o ActiveCampaign oferece serviços de suporte via chat, CRM, gerenciamento de e-mails, criação de calls-to-action, dentre outros.

Nos cases de sucessos da ferramenta, eles destacam como uma franquia de academias aumentou o número de alunos por uso de call-to-action em e-mail marketing e preenchimento de formulários.

A ActiveCampaign é paga, mas oferece um teste grátis de 14 dias. A ferramenta está disponível em português.

6. SharpSpring

A SharpSpring é bastante utilizada por agências, pois oferece condições e valores diferenciados para os parceiros.

Ao firmar essas parcerias com as agências de marketing, a SharpSpring evita que o cliente final da agência ainda tenha de se preocupar em contratar outra ferramenta.

A plataforma oferece um preço único para empresas com até 100.000 contatos cadastrados. A SharpSpring fornece aos clientes incorporação de CRM, abandono de carrinho, automação de e-mail com base em comportamento, formulários, identificação de visitantes, landing pages, etc.

Mas, lembre-se: para obter sucesso com a automação do marketing é preciso trabalhar a integração entre os times de marketing e vendas para otimização da conversão dos leads.

Agora que você já conhece algumas ferramentas de automação de marketing, é hora de avaliar qual oferece os melhores benefícios para aplicação do seu plano de marketing. O sucesso da sua estratégia está ligado a se manter fiel ao seu objetivo principal.

Gostou do nosso texto? Quer saber ainda mais sobre como melhorar os processos da sua estratégia de marketing digital? Assine nossa newsletter e receba novidades sobre o assunto!