marketing digital é uma das estratégias mais atrativas na hora de divulgar um negócio. São várias as possibilidades de uso: SEO, mídias sociais, marketing de conteúdo, dentre outras ações. Porém, quando o assunto é venda online, o e-mail marketing para e-commerce ainda é a melhor opção.

O e-mail está presente na vida das pessoas desde que a internet foi disponibilizada ao público em geral. Outras formas de comunicação digital foram desenvolvidas — e são bastante usadas —, mas o correio eletrônico, por sua interface simples e interativa, ainda é um dos canais mais eficientes para troca de mensagens.

Além disso, por ser amplamente utilizado, é uma excelente ferramenta para trabalhar a comunicação de uma empresa, sobretudo na hora de comercializar produtos e serviços. Dados da Convince&Convert, por exemplo, apontam que 44% dos destinatários realizam ao menos uma compra baseada em e-mail marketing.

Porém, para que se consiga ter bons resultados com o seu correio eletrônico, é necessário caprichar na estratégia. E, neste artigo, vamos explicar um pouco sobre os melhores modelos de e-mail marketing para e-commerce.

Ficou curioso? Não deixe de conferir os próximos parágrafos!

Veja 3 modelos de e-mail marketing para e-commerce

Para as empresas que trabalham com venda online, existem três tipos principais de e-mail que podem ser usados em sua estratégia de divulgação. Cada um deles deve ser empregado para alcançar um resultado específico, por isso é preciso verificar qual se encaixa melhor em suas metas de trabalho.

1. Nutrição de leads

A nutrição de leads consiste no envio de uma série de e-mails levando em consideração o ciclo de compras de um consumidor. De maneira geral, essa estratégia acompanha o cliente desde o momento em que ele encontra a sua empresa até que ele feche uma compra ou demonstre que não negociará com você.

Veja o exemplo: uma pessoa encontra o blog de uma loja online de tênis e acaba baixando um e-book que dá dicas sobre como se preparar para uma corrida. Ela preenche o cadastro da landing page e deixa seu e-mail de contato. A partir daí, está estabelecido um mecanismo de comunicação com esse indivíduo.

Depois de um intervalo de tempo, a equipe de marketing da loja encaminha um e-mail oferecendo novas dicas e também uma oferta de tênis para corridas. Este processo pode ser repetido por algumas vezes, mas sempre com algum intervalo de tempo entre uma mensagem e outra.

Tal sistema vai preparar o cliente para que ele consuma com a sua empresa ou até que você perceba que não há chances dele fechar um negócio. Neste último caso, o contato perde valor e deve ser excluído do seu mailing.

2. Newsletter

Essa é uma prática antiga quando se trata de e-mail marketing — e bastante usada por empresas jornalísticas e de informações. Porém, ela também pode ser empregada por e-commerces, mas, geralmente, possui taxas de conversão menores do que as de outros modelos de e-mail marketing.

A newsletter se caracteriza pelo envio de mensagens em períodos específicos e de maneira recorrente. Há a possibilidade de encaminhá-las diária (como fazem a maioria dos sites jornalísticos), semanal ou mensalmente. Essa periodicidade varia de acordo com os seus objetivos.

Para uma empresa de e-commerce, a newsletter pode ser usada para comunicar ofertas especiais e informações específicas para os clientes. O lançamento de produtos, a promoção de queimas de estoque, sorteios e outras ações de relacionamento e comunicados institucionais são alguns dos exemplos.

Outra possibilidade é encaminhar materiais educacionais ou uma lista de artigos publicados em seu blog. Nesse caso, é estabelecido um relacionamento, voltado para o fortalecimento da imagem institucional e a construção de uma identidade como autoridade de mercado.

3. E-mails baseados em comportamento

Essa estratégia depende de uma análise e da observação do comportamento de compra de seus clientes. Cada pessoa que acessa a sua loja online consome de uma maneira específica — e esses hábitos podem te ajudar a fortalecer um relacionamento e a aumentar as chances de efetuar uma venda.

Uma forma comum de usar esse modelo de e-mail marketing é na abordagem do usuário que abandonou o carrinho de compra. Se ele manifestou o desejo de comprar um produto e acabou não finalizando o pedido, alguma coisa deu errado. Portanto, é sua obrigação procurar entender o que aconteceu.

Nesse caso, você pode encaminhar uma mensagem perguntando o motivo da desistência da compra ou oferecer cupons para estimular que ele retome aquele carrinho. Além disso, há a possibilidade de usar essa estratégia para ajudar o consumidor a escolher entre dois produtos — para isso, envie um guia comparativo, dentre outras ações.  

Otimize suas campanhas

Algumas práticas também ajudam a melhorar os resultados de uma campanha de e-mail marketing. Para conferir 4 delas, acompanhe os tópicos abaixo!

1. Segmente os leitores

O e-mail tem um caráter mais pessoal, e isso deve ser levado em conta na hora de elaborar uma campanha de divulgação. Procure segmentar a sua lista de contatos conforme o perfil de seus clientes e seus hábitos de compra. Será produzido um conteúdo diferente para cada um desses grupos.

2. Crie conteúdos de qualidade

A mensagem de e-mail tem que chamar a atenção e convencer o consumidor a executar alguma ação. Se for oferecer um material informativo, capriche na produção do e-book; se optar por uma promoção, disponibilize cupons ou condições únicas de compra. Mande sempre e-mails atrativos.

3. Automatize suas campanhas

automação de marketing facilita a sua rotina de divulgação e o relacionamento com o público. Portanto, invista em ferramentas que te permitam automatizar o envio de e-mails, levando em consideração o tempo gasto nesse processo, as possibilidades de segmentação e outras opções. O seu trabalho será mais eficiente.

4. Analise os resultados

Assim como em qualquer ação de marketing digital, mensurar os resultados é essencial para criar uma rotina de melhora constante em suas campanhas. Avalie a taxa de abertura de e-mail, a quantidade de cliques nos links e outras métricas para criar ofertas e conteúdos cada vez mais atrativos.

Gostou deste artigo sobre e-mail marketing para e-commerce? Então, baixe nosso e-book com o manual de SEO para Google Shopping e melhore os resultados da sua loja online nos buscadores na internet!