Ao desenvolver uma estratégia de marketing digital, os anúncios consistem em uma parte fundamental para se obter melhores resultados. Visando otimizar as campanhas, a análise da concorrência em links patrocinados é um dos recursos mais usados atualmente.

A concorrência em links patrocinados nada mais é do que acompanhar, por meio de ferramentas adequadas, como as demais empresas do setor têm se comportado na hora de anunciar na internet.

Além de ampliar o conhecimento de mercado, esse monitoramento oferece diversas oportunidades de aprimoramento e de otimização das próprias campanhas.

Como funciona a concorrência em links patrocinados?

Para acompanhar a concorrência em links patrocinados, é necessário iniciar pelos seguintes passos: definir quais são as empresas concorrentes diretas do negócio que serão monitoradas e qual ferramenta será usada para realizar essa análise.

Atualmente, a ferramenta mais completa e difundida entre os profissionais de marketing é o SEMrush. É importante destacar, entretanto, que, por se tratar de uma ferramenta que monitora toda a internet, ela pode apresentar resultados absolutos diferentes dos do Google Analytics.

De acordo com as particularidades da ferramenta, é possível obter um conjunto de dados. Ressalta-se, contudo, que apenas o uso de softwares para acompanhar esses dados não são suficientes caso a empresa não tenha profissionais capacitados para realizar a análise das informações obtidas e transformá-las em ações práticas da estratégia de links patrocinados.

Para conhecer melhor a principal ferramenta, explicamos em detalhes como utilizar os recursos disponibilizados pelo SEMrush.

Análise de concorrência no SEMrush

O SEMrush é um software desenvolvido visando a otimização de links patrocinados. Ele possui um custo mensal, mas está também disponível em uma versão gratuita, que apresenta restrições dos dados fornecidos. Por isso, é mais vantajoso optar pela assinatura.

Para iniciar a análise, basta inserir o domínio da empresa concorrente na caixa de pesquisa para, em seguida, já serem apresentados os dados tanto de busca orgânica quanto de links patrocinados. Entre eles destacam-se:

1. Palavras-chave

Um primeiro ponto importante a ser analisado são as palavras-chave que os concorrentes utilizam para anunciar. Além de identificar qual tem sido o volume de buscas dos termos, é possível conhecer quais palavras usadas pelos concorrentes estão fora do escopo da empresa e, assim, aprimorar os termos trabalhados.

2. Gráficos de evolução

O gráfico de evolução mostra qual tem sido o investimento do concorrente ao longo do tempo, permitindo identificar flutuações no orçamento e períodos nos quais o investimento tem sido maior.

Essa variável também permite identificar a sazonalidade do mercado, ajudando a identificar os períodos nos quais o orçamento dos links patrocinados pode ser expandido.

3. Concorrentes

Muitas empresas têm dificuldade de identificar quais são os concorrentes diretos, limitando as pesquisas a apenas alguns dos concorrentes e, muitas vezes, não conhecendo outas empresas que atuam no mesmo segmento.

Devido à atualização diária dos dados, é possível identificar os maiores concorrentes, inclusive alguma nova empresa que tem se destacado nas estratégias de links patrocinados.

4. Anúncios dos concorrentes

Uma vantagem do SEMrush quando comparado com outras ferramentas é que ele permite a visualização do anúncio do concorrente, com informações como o design, título, descrição, URL para conversão e call to action usado.

É possível monitorar assim as landing pages atribuídas aos anúncios e avaliar se o consumidor está em busca de conteúdos informativos ou comerciais.

5. Locais para anúncio na Rede de Display

Um relatório pouco visado, mas muito útil, é o que mostra quais sites aparecem na busca orgânica para pesquisas com as palavras-chave usadas pelos concorrentes. Uma marcação indica quais sites possuem o código do Adsense, ou seja, são opções para anúncios na Rede de Display do empreendimento. 

O SEMrush ainda oferece a análise de outros dados que permite ter uma visão ampla de como os concorrentes têm atuado e quais as estratégias de links patrocinados empregadas têm gerado um melhor retorno, podendo adequá-las às campanhas da própria empresa no Google AdWords e outras ferramentas.

Como a análise de concorrência fortalece a estratégia digital?

A estratégia de marketing digital deve ser constantemente trabalhada e aprimorada para gerar os resultados desejados pela empresa e continuar tendo diferenciais que a torne mais atraente do que os concorrentes.

Para poder realizar essas otimizações, entretanto, é necessário não só acompanhar periodicamente as métricas de resultados das campanhas de links patrocinados, mas também investigar quais têm sido as ações das demais empresas do mesmo segmento.

Ao acompanhar como os concorrentes têm gerenciado e otimizado as campanhas, é possível identificar oportunidades de melhora das próprias campanhas, além de ajudar a identificar os diferenciais.

 

ebook_manual-seo-para-google-shopping

 

Quais são os benefícios da técnica para a estratégia digital?

1. Otimização dos recursos

Acompanhar os concorrentes dá a oportunidade de identificar o custo por clique de termos, volume de buscas, páginas de destino, entre outros elementos que permitem otimizar os recursos destinados aos links patrocinados, obtendo resultados mais satisfatórios, com um mesmo orçamento.

2. Melhora da campanha

Como apontado anteriormente, conhecer as estratégias usadas pelas outras empresas permite melhorar e otimizar campanhas, tornando-as mais relevantes para as pesquisas realizadas e inserindo anúncios em sites mais vantajosos.

3. Mais apelo com o usuário

Principalmente os relatórios de palavras-chave e de design dos anúncios permitem identificar como os usuários têm pesquisado e o que tem recebido mais atenção, aumentando as chances de impactar positivamente e atrair mais clientes.

O que analisar?

São diversos os relatórios que uma ferramenta de análise de concorrência em links patrocinados geram. O fundamental é identificar quais dados são mais relevantes de serem coletados e analisados e, principalmente, como essas informações podem impactar e melhorar as campanhas realizadas pela empresa.

Além dos elementos apresentados anteriormente, como palavras-chave, orçamento, páginas de destino, concorrentes e outros, acompanhar as variações e mudanças nas campanhas também é uma estratégia valiosa.

Muitas vezes, uma empresa identifica um termo muito usado para uma busca e, até que os concorrentes percebam o uso desse novo termo, ela já atraiu parte dos cliques de uma busca. Assim, a análise dos concorrentes deve ser realizada periodicamente, impedindo que uma nova estratégia ou informação demore para ser identificada pela equipe.

Além da concorrência em links patrocinados, a gente aborda diversos temas relacionados ao marketing digital nos nossos conteúdos. Quer se manter bem informado sobre o segmento? Assine nossa newsletter!