As métricas são fundamentais para mensurar os resultados de sua estratégia de marketing digital. Assim como existem os dados que fornecem informações relevantes sobre o seu negócio, existem também as métricas de vaidade.

É preciso ter muita atenção para não mensurar dados que vão criar apenas uma ilusão do sucesso de suas ações. As métricas corretas podem te ajudar a saber se sua empresa está realmente atingindo os clientes ideais e gerando mais vendas.

Neste post, você entenderá o que são e quais são as métricas de vaidade e porque você não deve se preocupar tanto com elas na hora de analisar seus resultados e tomar decisões. Acompanhe!

O que são métricas de vaidade?

A presença online da empresa, atualmente, é fundamental para que ela se torne conhecida e gere mais vendas. Ter um perfil nas redes sociais, além de um site ou blog, contribui diretamente para a expansão de seus negócios.

Por outro lado, a manutenção desses canais de comunicação exige planejamento, frequência e análises constantes. Como mencionado acima, é essencial definir as métricas para medir se suas ações de publicidade estão dando certo.

Muitos empreendedores cometem o erro de mensurar esses resultados a partir de métricas de vaidade, ou seja, dados que não fornecem informações relevantes e apenas resultados vazios. Essas são as métricas que aumentam o ego de um negócio e podem até impressionar, mas por trás delas não há nenhuma informação relevante para determinar se sua estratégia está tendo os resultados esperados.

Não adianta aumentar o número de seguidores em uma página no Facebook, por exemplo, se o número de conversões de uma empresa não aumentou. Por isso, é muito importante ter atenção para não analisar as métricas erradas e tirar conclusões equivocadas sobre sua estratégias.

Elas não devem ser descartadas, mas servem apenas como complemento dos resultados reais de suas ações de marketing.

Quais são as métricas de vaidade?

1. Número de likes em posts

Os likes são muito importantes para os usuários nas redes sociais, seja no Facebook, Instagram ou Twitter. Mas, apesar disso, são perigosos para as empresas.

Ter um post com muitos likes por ter uma imagem legal ou um título bacana não representa o sucesso de sua estratégia. As pessoas podem curti-lo por vários motivos, mas se não houve a ação desejada, esse post não foi bem planejado e, por isso, é uma métrica da vaidade.

Porém, eles podem ser interessantes quando analisados junto a outros dados, e também servem para ajudar sua empresa a estruturar a atuação nas redes sociais de acordo com o formato, linguagem e conteúdo.  

2. Número de seguidores

Assim como os likes, o número de seguidores é uma métrica muito considerada nas redes sociais, embora não seja essencialmente relevante para o seu negócio.

Diversas empresas atuam nas redes sociais com o objetivo de ter muitos seguidores, mas acabam por conquistar os clientes errados, ou seja, que não irão adquirir um produto ou serviço. No Instagram, por exemplo, é possível observar perfis que possuem muitos seguidores, mas poucas curtidas ou comentários. Isso indica baixo engajamento e, provavelmente, um baixo número de conversões. 

Assim, ter muitos seguidores em sua página do Facebook ou perfil no Instagram não necessariamente te ajuda a saber se suas vendas estão aumentando.

Não estamos descartando a importância dessa métrica, mas é importante que os seguidores sejam os usuários corretos, ou seja, o seu público-alvo. Vale mais ter uma base pequena de seguidores que compra frequentemente de sua empresa do que números astronômicos que não são convertidos em vendas.

3. Visualizações da página

Se a sua empresa tem um site ou blog, é muito importante acompanhar os dados por meio de ferramentas como Google Analytics, por exemplo. Lá, é possível obter o número de acessos, visualizações por página, tempo em que o usuário permaneceu em seu site e até o número de conversões.

As visualizações por página são interessantes quando analisadas em paralelo a outros dados, como o número de acessos ou o número de conversões.

Se você analisar essa métrica isoladamente, pode ter a noção de que suas ações de divulgação deram certo, mas terá resultados vazios em relação à performance de seu site, à retenção de visitantes e às conversões.

4. Cliques

O número de cliques que a sua empresa conquista em canais digitais de comunicação pode criar a ilusão de que sua estratégia está dando certo. Esse dado é importante, mas, de novo, junto a outras métricas. Podem ser cruzados o número de cliques e o tempo que os usuários permanecem em seu site, por exemplo, ou o número de conversões.

É somente a partir desses dados que você poderá julgar a necessidade de ajustes em seu site, como design responsivo para tornar a navegação dos usuários mais agradável ou qualidade dos conteúdos, prezando por aqueles que realmente tenham valor para o seu público-alvo a fim de levá-los adiante no funil de vendas.

5. Visualizações de vídeos

Não há dúvidas de que os conteúdos em vídeo são muito úteis para aumentar as conversões e também para ajudar na construção de um bom relacionamento com os usuários.

Mas é preciso ter atenção na hora de analisar os seus resultados, principalmente quanto às visualizações. É necessário saber quantas pessoas realmente assistem ao vídeo inteiro, qual a taxa de abandono em um certo ponto do vídeo ou o número de conversões a partir da divulgação desse material.

Assim, será possível fazer ajustes no conteúdo para que ele tenha uma boa performance e ajude a sua empresa a vender mais!

Mensurar as métricas corretas de seu negócio pode te ajudar a tomar decisões mais assertivas em ações de marketing, focando nas estratégias que deram certo e ajustando as que tiveram resultados ruins. Portanto, esteja atento às métricas que realmente ajudam o seu negócio a crescer e cuidado com aquelas que dão uma falsa sensação de sucesso.

Agora que você já conhece as métricas de vaidade, que tal assinar a nossa newsletter para receber outros conteúdos e descobrir ações interessantes para melhorar a performance de sua empresa na internet?