Conquistar a primeira página do Google é o objetivo da maioria das empresas que começam a investir em marketing digital. Basicamente, há duas formas para alcançar essa meta: usar técnicas de SEO para aparecer nos resultados orgânicos ou investir em links patrocinados. Apesar dessa última opção ser paga, o ROI (retorno sobre o investimento) é bastante positivo — isso se a sua campanha de AdWords for bem executada, é claro.

Não há grandes dificuldades em se cadastrar na plataforma e começar uma campanha. Sendo assim, muitos optam por criar seus grupos de anúncios na base da intuição, sem estudar as melhores práticas. O problema é que essa conduta quase sempre proporciona resultados inexpressivos, e o anunciante fica com a impressão de que o investimento não é vantajoso.

Neste artigo, mostraremos algumas das melhores dicas para você começar a sua campanha no Google AdWords e obter bons resultados. Continue lendo e confira!

Utilize um planejador de palavras-chave

A palavra-chave é a primeira preocupação de quem começar a anunciar no AdWords. É por meio dela que os usuários encontrarão os seus links patrocinados. Logo, a seleção desses termos deve ser feita de forma cautelosa, com muita pesquisa. Para isso, você pode utilizar o Keyword Planner.

Essa ferramenta está inserida na própria plataforma de anúncios e é simples de usar. Basta digitar uma palavra-chave para ter acesso às seguintes informações:

  • média de pesquisas;

  • concorrência;

  • lance sugerido;

  • termos relacionados.

O último item da lista será bastante útil para obter ideias de palavras-chave. Nem sempre sabemos o que os usuários digitam para realizar as suas buscas, então, o planejador mostra os termos relacionados mais pesquisados no Google.

Escolha termos de cauda longa para segmentar

Ao criar uma campanha de AdWords, você consegue segmentar os seus anúncios de acordo com a região. Dessa forma, você não desperdiça sua verba e aparece apenas para pessoas que são interessantes para o seu negócio. No entanto, é possível utilizar termos long tail, também conhecido como cauda longa, para filtrar ainda mais os usuários impactados.

As palavras-chave de cauda longa são aquelas mais específicas. Por exemplo: se você vende camisas importadas masculinas, e escolhe o termo “camisas”, o público que entrará em contato com os seus anúncios será bastante diversificado. Contudo, caso você escolha “camisas importadas masculinas”, atingirá pessoas qualificadas.  

A segmentação é essencial para aumentar o ROI da campanha. Certamente, o volume de buscas diminuirá, mas o que deve ser considerado é a sua eficácia. Se muitas pessoas estão clicando em seus links, mas a taxa de conversão é baixa, é um mau sinal.

Insira um CTA nas descrições

O CTA (call-to-action) é um termo utilizado para descrever uma chamada que convida o público para a ação. Pode ser para fazer um download, comprar um produto, conhecer o site, etc. Esse recurso serve como um guia para os usuários, pois nem sempre eles sabem qual é a sua intenção com aquele anúncio.

É preciso evitar frases genéricas, como “clique aqui”, e elaborar um CTA que deixa claro o benefício que a pessoa terá ao clicar no link. Uma tática que funciona muito é utilizar alguns gatilhos mentais para aumentar a conversão. Frases como “garanta o seu antes que acabe” geram uma sensação de escassez e os consumidores ficam tentados em clicar.

Verifique o link da página de destino

Este é um detalhe que, aparentemente, não traz grandes problemas, mas faz muita diferença na hora da conversão. Se você está anunciando um produto X, e quando o usuário clica para ter mais informações é direcionado para a página inicial do site, a sensação será de frustração.

O link da página que você insere em seu anúncio deve corresponder à promessa feita em seu CTA. A experiência do consumidor no processo de compras deve ser a melhor possível, e facilitar a sua vida é fundamental. Portanto, ao criar um grupo de anúncios no AdWords, evite colocar o mesmo link para todos.

Uma boa dica é direcionar os usuários para as suas landing pages. Dessa forma, você consegue converter mais visitantes em leads para trabalhar em sua estratégia de e-mail marketing.

Aproveite as datas comemorativas

Em datas especiais, como o Dia das Mães e o Natal, o mercado entra em alvoroço e as empresas investem pesado na divulgação. Hoje, o hábito de comprar pela internet já está consolidado, passamos daquela fase de desconfiança do início dos anos 2000. Logo, para ganhar visibilidade nessas datas, é altamente aconselhável ficar em destaque no Google.

Mesmo que você não tenha um e-commerce, ainda é vantajoso investir em links patrocinados. A razão para isso é que nem todos os usuários utilizam a plataforma digital para concluir a compra, mas a maioria utiliza a internet para pesquisar as promoções. Então, escolha os produtos que têm mais saída em determinada época e divulgue-os pelo AdWords.  

Use palavras-chave negativas

Existe um recurso no Google AdWords em que você pode escolher alguns termos pelos quais os seus anúncios não serão exibidos. Embora nem todos deem atenção para essa funcionalidade, ela é capaz de impactar positivamente no desempenho das campanhas.

Vamos supor que você tenha uma loja de eletrônicos e só trabalhe com notebooks da marca X. Nesse caso, é provável que você não queira que os seus links patrocinados apareçam para aqueles que procuram os aparelhos da marca Y. O indicado, então, é inserir o termo “notebook da marca Y” entre as palavras-chave negativas. Assim, a sua verba é destinada de maneira precisa.

Acompanhe os relatórios e faça testes constantemente

Como tudo na vida, cada caso deve ser analisado isoladamente. Às vezes, o que dá certo para o concorrente, pode não funcionar para a sua empresa. A única saída é analisar todas as ações e realizar testes constantes. O Google AdWords fornece relatórios em tempo real da sua campanha para que você saiba o que deve ser melhorado.

Ao contrário do que acontece no marketing tradicional, aqui você consegue pausar a sua campanha a qualquer momento, fazer os ajustes e retomá-la. Desse modo, você se previne de erros que poderiam custar caro futuramente.

Como você pôde perceber, é necessário tomar diversos cuidados para aproveitar ao máximo sua campanha de AdWords. O ideal é contar com profissionais especialistas que já têm experiência em links patrocinados para que o seu ROI seja positivo no final. Dessa maneira, você precisa apenas se preocupar com a parte estratégica do seu negócio.

Quer saber mais? Entre em contato conosco e conheça todos os benefícios de ser parceiro de uma agência digital com foco em performance!