Você já percebeu como os vídeos têm sido cada vez mais vistos pela internet? Para se ter uma ideia, o YouTube tem mais de um bilhão de usuários, e a cada dia, as pessoas assistem a milhões de horas de vídeos, gerando bilhões de visualizações, de acordo com as estatísticas da própria plataforma.

Com tanto sucesso, as empresas começaram a utilizar os vídeos como uma maneira de divulgar suas empresas e aumentar suas vendas com o vídeo marketing: união do marketing de conteúdo tradicional ao audiovisual.

De maneira geral, os vídeos marketing são curtos e possuem uma linguagem mais próxima ao público-alvo de uma organização. São feitos diferentes tipos de vídeos para esse fim, como, por exemplo, tutoriais profissionais e demonstração de produtos.

As vantagens são diversas. Os vídeos são muito persuasivos e a mensagem enviada ao consumidor é muito mais impactante. Os motores de busca respondem melhor a eles, ou seja, sua marca melhora no ranqueamento do Google.

Além disso, é uma ótima ferramenta para aproximar a empresa do cliente, pois a comunicação com vídeos traz a sensação de ser uma conversa pessoal, que inspira mais confiança e credibilidade para o seu negócio. 

Mas para que se tenha resultados realmente positivos com o vídeo marketing, é preciso atentar-se para algumas questões. Para te ajudar, a seguir apresentaremos algumas dicas sobre essa estratégia para sua empresa. Confira!

Conheça seu público

Assim como toda estratégia de marketing, é claro que é preciso que as ações tenham como foco o público ideal.

Portanto, é necessário entender o seu público muito bem para escolher as melhores ferramentas de produção e edição, quais as melhores plataformas que você deve utilizar, qual a linguagem e o que eles realmente querem assistir. Afinal, não basta criar qualquer tipo de vídeo: é preciso que se produza conteúdo rico, com informações úteis para seus clientes. 

Uma boa forma de você compreender o que o seu público espera do vídeo marketing é conversando com eles por meio das redes sociais, de e-mails ou de outras formas de comunicação que você tenha disponível. Pesquisar sobre o que estão falando e o que gostariam de saber da sua marca também é uma ótima alternativa. 

Seja breve e vá direto ao assunto 

As pessoas têm cada vez menos tempo e, em contrapartida, há cada vez mais conteúdo disponível para ser consumido. Por causa disso, é natural que os usuários prefiram aqueles vídeos que sejam curtos, ou seja, que consigam absorver a informação sem demandar muito esforço ou tempo. 

Essa tendência tem sido levada em consideração em algumas redes sociais, como o Instagram, com o Stories (funcionalidade da ferramenta que permite que os usuários compartilhem seus momentos com fotos e vídeos que somem em 24h) que limitam que os vídeos tenham duração de, no máximo, 10 segundos. 

Por isso, faça vídeos breves e vá direto ao assunto. É importante que, logo no início, o conteúdo já desperte e prenda a atenção do usuário. Isso fará com que ele assista até ao final. Isso quer dizer que você precisa introduzir o conteúdo que promete tratar nos primeiros segundos, sem muita enrolação.

Integre os vídeos nas páginas da empresa 

É fundamental fazer uma integração entre os vídeos marketing no site e o blog de sua empresa. É melhor que eles sejam inseridos nas páginas que tenham mais relação com o conteúdo do material, como forma de também enriquecer as informações. 

O Youtube, inclusive, é adaptado automaticamente para diversos tipos de dispositivos. Assim, se seus vídeos estiverem na plataforma, poderão ser vistos também em aparelhos móveis como smathphones e tablets. 

Outra questão a que você precisa ter atenção é lembrar de inserir o endereço do seu blog, do seu site e das suas redes sociais em algum momento do vídeo. Pode ser um link de redirecionamento na descrição, nas anotações que podem ser colocadas nas imagens etc.

Crie uma série de vídeos 

Está sem ideias sobre o conteúdo dos seus vídeos? Que tal fazer uma série de vídeos sobre determinado tema?

Suponhamos que você tenha uma loja de roupas. Nesse segmento, há muitas formas de explorar sua marca e seus produtos: fazendo vídeos sobre o lançamento de uma coleção, dar dicas de como combinar looks com as novas peças, posteriormente falar sobre o que usar na estação atual, e por aí vai. 

É interessante, também, que ao final dos vídeos você já deixe o usuário com expectativa, dando uma prévia sobre o próximo assunto. Isso garante que boa parte deles esperem e visualizem as próximas produções. 

Divulgue sua campanha de vídeo marketing

Já está tudo pronto: seu canal foi criado, o conteúdo elaborado e o vídeo produzido. Mas isso é apenas o começo. Para que, realmente, as pessoas assistam seus vídeos, é necessário que haja muita divulgação. 

Determine em quais redes sociais você divulgará seus vídeos, de acordo com seu público-alvo. Lembre-se de que há algumas ferramentas pagas, como Facebook Ads, que têm alto poder de segmentação: os anúncios são exibidos para os usuários certos, aumentando sua taxa de cliques consideravelmente, permitindo que você obtenha um retorno mais rápido. 

Além disso, compartilhe constantemente os vídeos nas suas redes sociais pessoais e estimule que amigos e clientes façam o mesmo. Com o tempo, outros usuários assistirão os vídeos e poderão, também, compartilhá-los, fazendo com que esse processo fique automático. 

Monitore os resultados 

Essa é uma das partes mais importantes de qualquer estratégia de marketing digital, e que muitas vezes é deixada de lado: a mensuração dos resultados.

É nesse momento que você saberá se realmente o seu conteúdo está agradando e trazendo resultados positivos para sua empresa. Geralmente, as próprias plataformas de vídeos mostram métricas com informações sobre acessos, likes, entre outros dados relevantes para uma campanha. 

Você pode fazer esse monitoramento também com o Google Analytics, ferramenta gratuita do Google, que mostra o desempenho dos seus vídeos com relatórios atualizados, como “Tempo de Exibição”, “Origens de tráfego” e “Informações demográficas”.

Com esses dados em mãos, você poderá aprimorar ou fazer modificações necessárias para campanhas em andamento e ter uma noção melhor do que fazer nos seus próximos vídeos. 

Gostou das dicas sobre vídeo marketing? Estamos sempre com novidades sobre o assunto. Para acompanhar, assine nossa newsletter!